Skip to Main content Skip to Navigation
Theses

Traces numériques, discrimination et recrutement en Haute Normandie : La situation des personnes à limitation fonctionnelle psychique (Recherche soutenue par le Conseil Régional de Haute Normandie)

Résumé : Em 2011, 9.7 milhões de pessoas sofriam de uma limitacão funcional na França (Dares análise, 2013). Aquelas com limitações funcionais psíquicas sofrem de uma disfunção de personalidade caracterizado por distúrbios de adaptação social (Sarfaty, Zribi, 2008). Frequentemente excluídas, segregadas e discriminadas, elas perdem o seu lugar na coletividade e no mercado de trabalho. O digital, como um ambiente, mas também as práticas culturais e sociais (Doueihi, 2013), fornece-lhes vários meios para escapar, bem como para construir redes e compartilhar conhecimento. Cabe perguntar se isso pode ser um contributo em seu processo de integração social e adaptação profissional. Entendendo a incapacidade como resultado dos processos das interações entre os fatores individuais e ambientais da pessoa (Fougeyrollas, 2010), estudamos etnometodologicamente a atividade diária e a comunicação de um grupo de oito pessoas com limitações funcionais psíquicas em uma residência especializada em Le Havre. Entrevistamos essas pessoas e, além disso, nove organizações de apoio a elas, para entender as representações sociais que compartilham sobre a incapacidade psíquica, a empregabilidade e o digital. Nossos resultados mostram que algumas pessoas usam o digital para participar em debates públicos, produzir, publicar e compartilhar a informação, para comprar e jogar. O objetivo por trás dessas atividades digitais é de forjar um laço social, que se revela um componente chave da empregabilidade. O digital, assim, facilita sua comunicação e participação social, mas ele não é usado na procura de emprego ou em ocupação profissional. Outras pessoas sofrem de uma analfabetização informática e se tornam vítimas de marginalização social, cultural e econômica, exigindo ações específicas em favor delas. Propomos um "clubhouse" conectado, onde os membros possam aderir aos projetos digitais coletivos e colaborativos, mas também aos empregos de transição (ET), em cooperação com empresas. Assim, incitar o sujeito a ter práticas digitais participativas e associativas, acompanhá-lo presencialmente e adaptar o seu ambiente, são três iniciações capitais para sua inclusão social e profissional bem-sucedida.
Complete list of metadatas

Cited literature [93 references]  Display  Hide  Download

https://halshs.archives-ouvertes.fr/tel-01082727
Contributor : Sabrina Mommolin <>
Submitted on : Friday, November 14, 2014 - 11:15:01 AM
Last modification on : Tuesday, February 5, 2019 - 12:12:34 PM
Document(s) archivé(s) le : Sunday, February 15, 2015 - 10:40:11 AM

Licence


Copyright

Identifiers

  • HAL Id : tel-01082727, version 1

Citation

Hadi Saba Ayon. Traces numériques, discrimination et recrutement en Haute Normandie : La situation des personnes à limitation fonctionnelle psychique (Recherche soutenue par le Conseil Régional de Haute Normandie). Sciences de l'information et de la communication. Normandie Université, 2014. Français. ⟨tel-01082727⟩

Share

Metrics

Record views

981

Files downloads

2561