Skip to Main content Skip to Navigation
Books

Status e oportunidades. Como repensar a justiça social

Résumé : Há duas maneiras de conceber a justiça social. A primeira, a igualdade de status, visa reduzir as desigualdades entre as diferentes posições sociais. A segunda, a igualdade de oportunidades, busca permitir que os indivíduos atinjam melhores posições ao fim de uma competição hegemônica. Mas se ela responde ao desejo de autonomia dos indivíduos, a igualdade de oportunidades aproveita-se da existência e até mesmo do desenvolvimento das desigualdades. Contra a corrente, Francois Dubet defende o modelo de status, que combate resolutamente as desigualdades e amplia a coesão da sociedade. Mediante uma análise empírica de como esses modelos de justiça se aplicam na educação, no status das mulheres e no das "minorias visíveis", este ensaio mostra como é possível promover a justiça social sem sacrificar a competição meritocrática.
Complete list of metadata

https://halshs.archives-ouvertes.fr/halshs-02489076
Contributor : Karine Jenart <>
Submitted on : Monday, February 24, 2020 - 11:43:21 AM
Last modification on : Friday, April 2, 2021 - 2:41:27 PM

Identifiers

  • HAL Id : halshs-02489076, version 1

Collections

Citation

François Dubet. Status e oportunidades. Como repensar a justiça social. Editora Cidade Nova, pp.180, 2015, Coleção pontos de vista, 978-85-7821-171-4. ⟨halshs-02489076⟩

Share

Metrics

Record views

31