O "bom" casamento em áreas de fronteira, ou a difícil autonomização das "tarefas" femininas em área de fronteira

Résumé : Neste artigo objetivamos demonstrar que, nas dimensões de reprodução do campesinato brasileiro, as mulheres são menos presentes do que os homens. No entanto, isto não significa que o casamento perde seu papel nessas áreas. A presença de homens e mulheres é a condição da reprodução do campesinato em tais áreas, até porque a migração para área de fronteira só tem sentido se for um projeto familiar. Em torno do casal está construída uma norma de separação das esferas feminina e masculina, tornando difícil a vida para solteiros em tais áreas.
Complete list of metadatas

Cited literature [13 references]  Display  Hide  Download

https://halshs.archives-ouvertes.fr/halshs-00923976
Contributor : Xavier Arnauld de Sartre <>
Submitted on : Tuesday, January 7, 2014 - 10:40:44 AM
Last modification on : Wednesday, July 10, 2019 - 3:50:55 PM
Long-term archiving on: Monday, April 7, 2014 - 10:11:15 PM

File

article_mulheres_camponesas.pd...
Explicit agreement for this submission

Identifiers

  • HAL Id : halshs-00923976, version 1

Citation

Xavier Arnauld de Sartre, Laurence Granchamp Florentino, Gutemberg Guerra, Luiza Mastop Lima, Alice Negreiros Alves, et al.. O "bom" casamento em áreas de fronteira, ou a difícil autonomização das "tarefas" femininas em área de fronteira. Delma PESSANHA NEVES; Leonilde SERVOLO MEDEIROS. Mulheres camponesas: trabalho produtivo e engajamentos políticos, Editora Alternativa, pp.107-128, 2013, 978-85-63749-08-9. ⟨halshs-00923976⟩

Share

Metrics

Record views

726

Files downloads

1032